O dragãozinho traz textos de cultura pop, abordando temas como livro, filmes, séries e quadrinhos, além de alguns posts de assuntos diversos.

Sons of Anarchy – Quadrinhos


Sons of Anarchy é uma série se sete temporadas sobre uma gangue de motoqueiros fora da lei criada por Kurt Sutter e produzida pela FX. A história em quadrinhos tem um total de 25 volumes com diversos arcos independentes que se passam antes ou durante a série, alguns inclusive repetem cenas da TV. Considerando que são tie-ins, eles não interferem na história da série, então podem ser lidos depois de assistir todas as temporadas. Para quem já assistiu tudo e ainda não leu, é bom para matar a saudade. Os quadrinhos fizeram um ótimo trabalho em manter o estilo da série, com todos os personagens e cenários muito bem reproduzidos.

O texto contém alguns spoilers sobre a série.

sons-of-anarchy-002-023

#1 – #6

Roteiro: Christopher Golden ∙ Arte: Damian Couceiro

O primeiro arco acontece em paralelo com a quinta temporada e mostra Tig ainda abalado pela morte de Dawn. A história mostra Kendra, filha de Kozik (após a morte dele) buscando a ajuda de Tig para chegar até a cidade em que sua mãe vive, pois há algumas pessoas tentando matá-la. Vendo Dawn em Kendra, Tig se sente na obrigação de ajudá-la.

#7 – #10

sons-of-anarchy-009-000

Roteiro: Ed Brisson ∙ Arte: Damian Couceiro

O segundo arco se passa em paralelo com a terceira temporada, enquanto a maior parte do grupo se encontra na prisão. Devido à disputas antigas, eles encontram problemas com os russos na prisão. Do lado de fora, o clube tenta solucionar o problema e conseguir proteção para os que estão presos, além de proteger suas famílias que também foram ameaçadas.

#11 – #14

Roteiro: Ed Brisson ∙ Arte: Damian Couceirosons-of-anarchy-v1-0031

Esse arco se passa em Tacoma, e mostra uma disputa entre SAMTAZ (Sons of Anarchy de Tacoma) e um grupo local chamado Slaughter, que tem intenções de vender heroína no território do SOA. Embora a história seja boa, ela não cativa tanto quanto as outras por não focar nos personagens principais.

#15sons-of-anarchy-015-000

Roteiro: Ed Brisson ∙ Arte: Matías Bergara

Kyle Hobart deixou Opie levar a culpa pelo incêndio e ser preso por isso. Após esse evento, ele foi expulso do grupo e proibido de entrar em Charming novamente (ele aparece na série e tem suas costas queimadas para tapar a tatuagem do Sons of Anarchy). Nessa história ele aparece em conflito com o clube novamente.

#16 – #18

sons-of-anarchy-018-000

Roteiro: Ed Brisson ∙ Arte: Matías Bergara

Dos volumes 16 ao 18, são mostradas histórias independentes de alguns personagens. A primeira é de Juice, que precisa resolver um conflito com um conhecido. A segunda é de Bobby, onde ele vai para Las Vegas fazer um show. Embora o 16 e 17 sejam histórias bem simples, o volume 18 é um dos melhores, mostra Happy antes de entrar para o clube, como ele conheceu Tig e a história por trás de suas duas primeiras tatuagens dos rostinhos sorrindo.

#19 – #22

sons-of-anarchy-021-000

Roteiro: Ryan Ferrier ∙ Arte: Matías Bergara

Nesse arco Bobby está na prisão e seu sobrinho começa a trabalhar na oficina, vindo a se tornar um prospect depois. O garoto logo prova ser completamente diferente do que esperavam e cria problema com os Mayans que caem sobre o clube.

#23 – #25

sons-of-anarchy-023-000

Roteiro: Ryan Ferrier ∙ Arte: Matías Bergara

Esse asco se passa entre a primeira e segunda temporada, enquanto Opie está afastado do clube e descobre alguns problemas envolvendo um novo conhecido que ele tenta ajudar. Enquanto isso, o clube está tentando fechar o acordo de venda de armas com o IRA, mas um outro grupo irlandês, o ONH entra no caminho e impede o acordo de acontecer.

Os quadrinhos foram distribuídos pela Boom Studio mas ainda não foram lançados no Brasil.

Relacionados

Have any Question or Comment?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: