O dragãozinho traz textos de cultura pop, abordando temas como livro, filmes, séries e quadrinhos, além de alguns posts de assuntos diversos.

Dica de filme: Repo! The Genetic Opera


Banner Repo! The Genetic Opera

Repo! The Genetic Opera é um musical de terror/sci-fi lançado em 2008. O roteiro foi escrito por  Darren Smith e Terrance Zdunich, com direção de Darren Lynn Bousman. Ele conta com atores como Paris Hilton, Paul Sorvino (Goodfellas) e Anthony Head (Merlin).

O filme praticamente não tem falas, é todo contado através das músicas. Normalmente não gosto de musicais nesse estilo, porque além de ficarem confusos, acabam sendo cansativos. Ainda mais quando as músicas não são tão boas. No caso de Repo! The Genetic Opera, as músicas trabalham com um estilo rock-opera bem diferente do comum.

Poster GenecoMas além das músicas, a história do filme também é bem diferente do que estamos acostumados nos musicais. Ela se passa no ano de 2056, onde devido a uma epidemia de falência de órgãos, as cirurgias evoluíram muito e transplantes se tornaram comuns. Uma empresa, a GeneCo, monopolizou esse mercado e o dono dela, Rotti Largo, se tornou o homem mais rico – e poderoso – de todos. Quando os clientes não pagam pelo transplante no tempo devido, entram para a lista de reintegração de posse, e então o Repo Man as procura para resgatar o órgão. Basicamente, eles matam as pessoas (legalmente).

O filme acompanha a história de diversas pessoas, todas relacionadas entre si de alguma forma. Uma delas é o próprio Rotti Largo, dono da GeneCo e seus três filhos, Amber Sweet, Luigi e Pavi. Rotti está doente e deve morrer logo, e o que todos desejam saber é para quem ele deixará GeneCo de herança. O problema é que seus filhos são todos “abutres”, como ele mesmo diz logo na primeira música do filme. Amber é viciada em cirurgias e realiza novas plásticas toda hora. Luigi é um sociopata violento que assassina todos que discordam dele. E Pavi é maníaco por máscaras, tendo por hábito matar pessoas para roubar seus rostos.

Pavi Largo
Pavi Largo
Graverobber
Graverobber

Além deles, também acompanhamos a história de Nathan, o Repo Man, e sua filha Shilo que desconhece sobre o trabalho do pai. Shilo tem 17 anos e é proibida de sair de casa devido a uma doença. O que claro, não impede que ela saia.

Nessa confusão toda de cirurgias e Repo Man, descobriu-se que pode ser retirado um líquido dos cadáveres que funciona como anestesia. Esse líquido é chamado de Zidrate, mas tanto o recolhimento quanto o uso é proibido, e assim surgiram os graverobbers, que invadem o cemitério para roubar o Zidrate.

E é no meio disso tudo que a história do filme é contada. O roteiro é bem complexo e o universo em si não pôde ser totalmente explorado durante o filme, mas ele conseguiu trabalhar todas as personagens e finalizar de forma concisa.

Poster GeneCo
GeneCo – mantendo nossa comunidade limpa desde 2030

Algumas curiosidades sobre o filme

As músicas foram escritas pelos próprios roteiristas e Terrance Zdunich interpreta o Graverobber. Darren Smith também aparece durante o filme, mas muito brevemente.

Em determinada parte do filme, são utilizados desenhos em quadrinhos para contar uma história passada. Os desenhos foram feitos pelo próprio Zdunich e utilizados devido ao baixo orçamento do filme, que impossibilitou que as cenas passadas fossem filmadas. Além disso, as figurantes são as mesmas em todas as cenas, e é por isso que sempre usam máscaras.

E para quem assistir e gostar, Zdunich e Bousman realizaram outro filme, chamado Devil’s Carnival, com participação de Emilie Autumn e diversos dos atores de Repo! The Genetic Opera.

Relacionados

Have any Question or Comment?

12 comments on “Dica de filme: Repo! The Genetic Opera

Incrível! Já adicionei na minha listinha pra assistir, não sabiam que existiam musicais assim e o enredo me interessou muitíssimo! <3

Reply
Simone Pinheiro

Que bom que se interessou! O enredo do filme realmente é muito bom e as músicas também 😀

Reply

Tem no Netflix? Vou procurar pra ver! Não sou fã de musicais, mas achei bem legal o video que colocou e a história também. Nunca nem tinha ouvido falar do filme 😮

Reply
Simone Pinheiro

Não tem 🙁 Ele é meio desconhecido ainda, não teve muita divulgação quando foi lançado.

Reply

Super diferentona essa história toda, hein! Achei muito bacana a criatividade que envolve, incluindo quadrinhos e rock + opera. Porém eu não tenho paciência com musicais, não me interesso mesmo 🙁
Se um dia eu for assistir algum vai ser esse, com certeza. Adorei sua resenha pois conheci algo totalmente diferente do normal por aqui 😉
Beijo,
http://www.setevidasfelinas.com.br

Reply

que filme mais louco, quero e vou assistir! tirando o fato de ser musical, tbm não gosto, mas já que tu disse que esse é melhor que os outros dou um ponto pra ele. só fiquei meio assim por ter a paris hilton, acho ela pessima! mas enfim, vou assistir depois te conto!
beijos

Reply

Que loucura! Adorei! \o/ Meu marido achou super interessante, acho que vamos procurar para assistir! \o/

Reply
Simone Pinheiro

Que bom que se interessaram! Espero que gostem do filme 😀

Reply

Nunca tinha ouvido falar e mds, parece muito interessante e diferente. Adorei sua resenha, deixou com muita vontade. Vou procurar pra assistir, acho muito legal conhecer coisas novas e de temáticas diferentes!

Beijos,
pinguimtagarela.blogspot.com.br

Reply
Simone Pinheiro

Esse é um daqueles filmes que recomendo pra todo mundo, então podia deixar de fazer um post bem apelativo pra tentar convencer todos a assistirem hahah

Reply
Erica Oliveira

Eu já ouvi falar muito desse filme mas nunca tinha parado para ler ou assistir algum trailer e agora vendo a sua postagem me lembrei e já anotei aqui para procurar a noite onde posso assistir rs
Obrigada pela dica e obrigada por me lembrar, o post veio em ótima hora rs

Reply
Simone Pinheiro

Fico feliz de saber que convenci alguém a ver ele, é realmente muito bom!

Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: